Judith Jarvis Thomson A Defesa …

Judith Jarvis Thomson A Defesa …

Judith Jarvis Thomson A Defesa ...

Judith Jarvis Thomson: Uma Defesa do Aborto

A Partir de Filosofia & Relações Públicas. Vol. 1, n. 1 (Outono 1971).

(Reproduzido em "Questões Básicas em Ética Médica ,: Intervenção e Reflexão" 5ª ed. Ed. Ronald Munson (Belmont; Wadsworth 1996). pp 69-80.)

Proponho, portanto, that NÓS concedemos Que o feto E uma pessoa desde o momento da Concepção. Como E Que o argumento a Partir daqui? Algo este como, eu Leva-la. Cada pessoa TEM UM Direito à vida. ASSIM, o feto TEM Direito à vida. Sem Dúvida, Um Mãe TEM O Direito de Decidir O Que DEVE Acontecer em e Ao Seu Corpo; Todo Mundo Iria Concedente ISSO. Mas, certamente, o Direito da pessoa à vida e Mais Forte e Mais rigoroso fazer that O Direito da Mãe parágrafo Decidir O Que Acontece Dentro e Ao Seu Corpo, e ASSIM supera-lo. ASSIM, o feto NÃO PODE Ser morto; hum aborto NÃO PODE Ser realizada.

plausível Parece. Mas ágora DEIXE-me PEDIR-LHE parágrafo Imaginar ISSO. Rápido Você Açorda de Manhã e Encontrar-se de costas na cama com hum violinista inconsciente. Um violinista inconsciente Famoso. He foi Encontrado parágrafo ter Uma Doença renal fatal, e da Sociedade de amantes da música foi sondada de Todos os Registros Médicos Disponíveis e descobriu Que Só Você TEM o tipo de sangue Direita Para Ajudar. ELES TEM, portanto, rápido Você sequestrado, e na Noite Passada Sistema circulatório do violinista foi Ligado à sua, de MoDo um that OS SEUS rins PODE Ser USADO parágrafo extrair venenos de Seu sangue, Bem Como o Seu PRÓPRIO. O Diretor do Hospital ágora Diz-LHE, "OLHE, desculpe a Sociedade de amantes da música fez ISSO Com Você – NÓS Nunca térios Permitido Que se tivéssemos Sabido. Mas AINDA ASSIM, ELES fizeram ISSO, e o violinista ESTÁ ágora Ligado A Voce. Para desligar rápido Você seria mata-lo. Mas NÃO importa, E APENAS POR nove meses. Até ENTÃO, ELE vai ter se RECUPERADO de SUA Doença, e PODE seguramente Ser desconectado de Você." E moralmente Compete-LHE um Aderir a ESTA Situação? Sem Dúvida, seria muito bom de Você Se Você fez, Uma grande BONDADE. Mas rápido Você tem that Aderir a ELA? E se Não foram nove meses, mas nove ano? Ou Mais AINDA? E se o Diretor fazer Diz hospital. "Azar. Concordo. mas ágora rápido Você tem that Ficar na cama, com o violinista Ligado A Voce, par o resto de SUA vida. Porque LEMBRE-se Disso. Todas como PESSOAS TEM O Direito à vida, e violinistas São PESSOAS. Concedido rápido Você tem o Direito de Decidir O Que Acontece Dentro e Ao Seu Corpo, mas o Direito da pessoa à vida supera o Seu Direito de Decidir O Que Acontece Dentro e Ao Seu Corpo. Entao Você Não PODE Nunca Ser Desligado, DELE." Eu imagino Que rápido Você consideraria ISSO Como ultrajante, O Que Sugere Que algo Realmente ESTÁ Errado com Esse argumento plausível-som eu mencionei há POUCO.

Neste Caso, E claro, rápido Você foi seqüestrada, Você Não oferecer-se para á Operação that conectou O violinista rins em SEUS. PODEM aqueles Que se opõem Ao aborto no Chão eu mencionei Fazer Uma Exceção Para Uma Gravidez devido Ao estupro? Certamente. ELES PODEM Dizer Que como PESSOAS TEM O Direito à vida SOMENTE SE Eles Não vieram a Existir Por Causa de estupro; OU ELES PODEM Dizer Que Todas como PESSOAS TEM O Direito à vida, mas that Alguns TEM Menos de hum Direito à vida fazer that Outros, em particular, that aqueles Que vieram a Existir Por Causa da violação TEM Menos. Mas estas Declarações TEM UM som Bastante desagradável. Certamente, uma Questão de saber se rápido Você tem o Direito à vida de todo, or Muito Como fazer Que Tem Você, DEVE NÃO Ligar uma Questão de saber se rápido Você é OU NÃO Um produto de hum estupro. E, de facto, como PESSOAS Que se opõem Ao aborto no Chão eu mencionei NÃO Fazer ESSA distinção, e, portanto, Não Fazer Uma Exceção em Caso de estupro.

Nem fazem Uma Exceção parágrafo hum Caso em that Um Mãe TEM de Passar OS nove meses de Gravidez na cama. ELES concordam Que seria Uma grande pena, e duro Sobre a Mãe; Mas Ao MESMO tempo, TODAS como PESSOAS TEM O Direito à vida, o feto E uma pessoa, e ASSIM POR Diante. Eu Suspeito Que, de Fato, that NÃO Iria Fazer Uma Exceção parágrafo hum Caso em that, milagrosamente Suficiente, a Gravidez continuou POR nove anos, OU MESMO o resto da vida da Mãe.

Alguns NÃO vai MESMO Fazer Uma Exceção parágrafo hum Caso em Que a Continuação da Gravidez E provável Para encurtar a vida da Mãe, that consideram o aborto Como inaceitáveis ​​MESMO Para salvar a vida da Mãe. Tais Casos São Hoje Muito Raros, e MUITOS oponentes do aborto NÃO aceitar ESTA Visão extrema. Tudo o MESMO, E Um Bom Lugar Para Começar: um Número de Pontos de Interesse Sair em relaçao a ISSO.

Vamos Chamar uma Visão de that o aborto E inadmissível MESMO Para salvar a vida da Mãe "uma extrema Visão." Quero Sugerir Pela Primeira vez Que NÃO emite um Partir do argumento Já referi anteriormente, sem a adição de algumas premissas Bastante poderosos. Suponhamos Que uma mulher ficou gravida, e ágora Descobre Que ELA TEM Uma Condição Cardíaca de tal Modo Que Ela vai Morrer se ELA Carrega o Bebê a termo. O Que PODE Ser Feito Para ELA? O feto, Sendo uma vida, mas Como Um Mãe E uma pessoa muito, POR ISSO TEM ELA O Direito à vida. Presumivelmente, ELES TEM UM Direito igual à vida. Como E Que É suposto vir Que hum aborto PODE NÃO Ser realizada? Se Mãe e filho TEM O MESMO Direito à vida, deveríamos Nao, TALVEZ, Jogar Uma Moeda? devemos OU Preço total: Adicionar Ao Direito da Mãe à vida Seu Direito de Decidir O Que Acontece Dentro e Ao Seu Corpo, O Que Todo Mundo Parece Estar PRONTO PARA Concedente – a soma de SEUS DIREITOS ágora superam Direito do feto à vida?

O argumento Mais familiarizado Aqui e o Seguinte. Somos informados de that executa o aborto Que ELE Iria diretamente assassinatos à Criança, enquanto NÃO Fazer nada NÃO seria matar a mae, mas APENAS Deixa-la Morrer. Além Disso, em Matar uma Criança, um estaria matando uma pessoa inocente, para quê uma Criança NÃO cometeu Nenhum crime, e NÃO ESTÁ visando a morte de SUA Mãe. E Depois, há Uma Variedade de Maneiras em Que ISSO PODE Ser continuado. (1) Mas Como matar diretamente uma pessoa inocente è sempre e Absolutamente inadmissível, o aborto NÃO PODE Ser realizada. Ou, (2) como matar diretamente uma pessoa inocente E Assassinato, e Assassinato è sempre e Absolutamente inadmissível, o aborto NÃO PODE Ser realizada. Ou, (3) como o Dever de se abster de matar diretamente uma pessoa inocente e Mais rigoroso fazer that o Seu Dever parágrafo Manter uma pessoa de Morrer, o aborto NÃO PODE Ser realizada. Ou (4) se OS PROPRIOS unicas opções estao matando diretamente uma pessoa inocente OU deixar uma pessoa Morrer, DEVE-SE preferir deixar uma pessoa Morrer, e, portanto, o aborto NÃO PODE Ser realizada.

O diretor foco de Atenção Nos Escritos Sobre o aborto TEM SIDO Sobre o Que hum Terceiro PODE OU NÃO PODE Fazer em RESPOSTA um hum Pedido de uma mulher Para Fazer hum aborto. Este E de hum MoDo compreensivel. Como Coisas São Como São, Não Há Muito Que uma mulher PODE Fazer com Segurança Para abortar a si MESMA. ASSIM, uma pergunta E O Que hum Terceiro PODE Fazer, EO Que Um Mãe PODE Fazer, se para mencionado em Tudo, se deduziu, Quase Como Uma Reflexão tardia, cabelo Que se CONCLUI that Terceiros PODEM Fazer. Mas Parece-me that parágrafo TRATAR O ASSUNTO Dessa Maneira E se recusar a Concedente Um Mãe that Muito Estatuto de Pessoa Que ESTÁ Tão firmemente insistiu em PARA O feto. POR QUE NAO Podemos Simplesmente ler fóruns O Que uma pessoa PODE Fazer a Partir fazer that hum Terceiro PODE Fazer. Suponha that rápido Você apresentou-se preso em Uma Pequena Casa Com Uma Criança em Crescimento. Quero Dizer Uma Casa Muito Pequena, e Uma Criança Que Cresce rápidamente – rápido Você já ESTÁ contra a Parede da Casa e em poucos minutes rápido Você vai Ser esmagado Até um morte. A Criança, Por Outro Lado NÃO vai Ser esmagado Até um morte; se nada de Feito Para impedi-lo de Crescer ELE vai se Machucar, o MAS não definitiva ELE vai Simplesmente arrombar a casa e Sair hum homem livre. Agora eu poderia Muito Bem entendre se hum Espectador fosse Dizer. "Não Há Nada Podemos that Fazer Por Você. Podemos Nao Escolher Entre SUA vida e OS SEUS, Não Podemos Ser OS unicos de Decidir Quem é viver, Nao Podemos INTERVIR." Mas Não Se PODE concluir that rápido Você tambem nao PODE Fazer nada, Que Você Não PODE Ataca-lo Pará salvar SUA vida. No entanto inocente à Criança PODE ser, rápido Você Não Tem Que Esperar passivamente enquanto esmaga-LHE uma morte TALVEZ uma mulher Grávida E vagamente sentiu ter o Estatuto de casa, par o qua NÃO permitimos O Direito de auto-Defesa. Mas se uma mulher abriga uma Criança, DEVE-SE Lembrar Que Ela É uma pessoa Que o abriga.

TALVEZ eu devesse Parar de Dizer explicitamente that NÃO Estou afirmando Que como PESSOAS TEM O Direito de Fazer QUALQUÉR Coisa Que seja Pará salvar SUAS vidas. Eu Acho Que, cabelo contrario Que há limites drásticos Ao Direito de auto-Defesa. Se Alguém te Ameaça com uma morte, um Menos Que torturar Alguém à morte, eu Acho Que Você Não TEM O Direito, MESMO Para salvar SUA vida, a faze-lo. Mas O Caso em apreço E MUITO diferente. Sem Nosso Caso, existem APENAS Duas PESSOAS envolvidas, Aquele cuja vida ESTÁ ameaçada, e Quem o Ameaça. Ambos São inocentes: a pessoa Que ESTÁ ameaçada NÃO ESTÁ ameaçada Por Causa de QUALQUÉR falha, O Que Ameaça NÃO Ameaça Por Causa de QUALQUÉR culpa. Por ESTA Razão, Podemos Sentir Que Nós, espectadores NÃO PODE interferir. Mas uma pessoa ameaçada PODE.

NÓS Realmente DEVE perguntar o Que É Que Diz "NINGUEM PODE Escolher" em rosto do facto de Que O Corpo Que aloja uma Criança é o Corpo da Mãe. PoDE Ser Simplesmente Uma falha em apreciar este Fato. Mas PODE Ser Algo Mais interessante, OU SEJA, não SENTIDO de that uma pessoa TEM O Direito de recusar-se a Colocar como Mãos Sobre as PESSOAS, MESMO Onde seria justo e Correto Para faze-lo, MESMO Onde a Justiça Parece exigir that Alguém faze-lo. ASSIM, a Justiça PODE Chamar Alguém parágrafo Obter o casaco de Smith de volta de Jones, e AINDA ASSIM rápido Você tem o Direito de recusar-se a Ser o Único uma Colocar como Mãos Sobre Jones, O Direito de se recusar a Fazer Violência física Pará ELE. ISSO, penso eu, concedido DEVE ser. Mas ENTÃO O Que DEVE Ser e Dito NÃO "NINGUEM PODE Escolher," SE APENAS "Eu Não Posso Escolher," e na Verdade NEM MESMO ISSO, mas "Eu nao vou Agir," deixando em aberto Que Alguém PODE OU DEVE, em particular, that QUALQUÉR pessoa em Uma posição de Autoridade, com uma Tarefa de garantir OS DIREITOS das Pessoas, tanto PODE e DEVE. Portanto, este E nenhuma dificuldade. Eu nao tenho SIDO argumentando Que QUALQUÉR Terceiro DEVE aceder Ao PEDIDO da Mãe Que ELE Realizar hum aborto Pará salvar SUA vida, mas APENAS Que ELE PODE.

Suponho Que, em Alguns pontos de vista da vida humana do Corpo da Mãe portanto E emprestado a ELA, o Empréstimo NÃO Sendo hum O Que LHE Dá QUALQUÉR reivindicação anterior a Ele. Aquele Que realizou este Ponto de vista PODE-SE Pensar Que a imparcialidade Dizer "Eu Não Posso Escolher." Mas vou Simplesmente Ignorar ESSA possibilidade. A Minha Opinião E Que, se hum Ser Humano Tem alguma justa, reivindicação Antes de QUALQUÉR Coisa, ELE TEM Um pouco, Reclamação Antes de Seu PRÓPRIO Corpo. E TALVEZ ISSO NÃO Precisa Ser defendido here de QUALQUÉR Maneira, Uma Vez Que, Como Já referi, OS Argumentos contra o aborto, Estamos olhando Pará se Concedente Que uma mulher TEM O Direito de Decidir O Que Acontece Dentro e Ao Seu Corpo. Mas embora NÃO admitem-lo, eu Tentei Mostrar Que Eles Não levam a Sério o Que É Feito Neste Âmbito. Eu sugiro that um MESMA Coisa vai reaparecer AINDA Mais claramente QUANDO nsa afastamos dos Casos em Que a vida da Mãe ESTÁ em Jogo, e Participar, Como proponho ágora Fazer, parágrafo OS Casos MUITO MAIS Comuns em Que uma mulher Quer um aborto Pará Alguns Menos Razão de peso fazer that Preservar a Própria Vida.

Onde a vida da Mãe s NÃO ESTÁ em Jogo, o argumento Que Eu mencionei nenhum Início Parece ter Uma Força MUITO MAIS forte. "Toda a pessoa TEM Direito à vida, de MoDo Que uma pessoa NÃO nascida TEM O Direito à vida." E NÃO É O Direito da Criança à vida de Maior Peso fazer that QUALQUÉR Coisa Que NÃO SEJA PRÓPRIO Direito da Mãe à vida, Que Ela poderia apresentar Como Terreno para hum aborto?

Este argumento Trata do Direito à vida Como se fosse sem Problemas. NÃO E, E ISSO Parece-me Ser Precisamente A Origem do Erro.

Por Que devemos ágora, Finalmente, pergunte O Que Se trata de, Para ter um Direito à vida. Em Alguns pontos de vista Que Tem hum Direito à vida inclui ter O Direito de Ser dada, cabelo Menos, o Mínimo Necessário para a Vida continuada. Mas suponha that O Que de Fato E o Mínimo Que um homem Precisa para a Vida continuou E algo that ELE Não Tem o Direito de todo Ser dada? Se Estou Doente Ate a morte, e Que a Única Coisa Que vai salvar a minha vida E o toque da Mão GELIDA de Henry Fonda em Minha testa febril. em SEGUIDA, todos o MESMO, NAO TENHO O Direito de Ser dado o toque da Mão GELIDA de Henry Fonda em Minha testa febril. Seria terrivelmente simpático da parte DELE Para Voar em da Costa Oeste do Pará fornecê-la. Seria Menos Agradável, embora sem Dúvida Bem intencionada, se Meus amigos voaram parágrafo a costa oeste e Trouxe Henry Fonda volta com enguias. Mas nao tenho o Direito de Todos contra QUALQUÉR hum Que ELE Deveria Fazer ISSO POR MIM. Ou AINDA, parágrafo voltar à historia que contei Antes, o Fato de Que a vida continua o violinista NECESSITA fazer USO contínuo de SEUS rins NÃO prova that ELE TEM O Direito de Ser dada uma Continuação da utilização de SEUS rins. ELE certamente Não Tem o Direito de Encontro A Voce that rápido Você DEVE dar-LHE USO contínuo de SEUS rins. Para NINGUEM TEM QUALQUÉR Direito de utilizar OS SEUS rins um Menos Que rápido Você DE-LHE Esse Direito – Se Você permitir that ELE continuasse usando SEUS rins, ESTA E UMA gentileza de SUA parte, e NÃO algo that ELE PODE reclamar de Você Como LHE E devido. Nem TEM QUALQUÉR Direito contra QUALQUÉR Outra pessoa that they devem dar-LHE USO continuado de SEUS rins. Certamente, ELE NÃO tinha o Direito contra uma sociedade de amantes da música that they deveriam Ligar-lo Pará rápido Você em Primeiro Lugar. E Se Você ágora Começar a desconectar-se, Tendo aprendido that rápido Você vai Outra forma térios de Passar nove ano na cama com Ele, Não Há Ninguém no Mundo Que DEVE tentar impedi-lo, um Fim de ver um ELE Que ELE E dado Alguma Coisa ELE TEM O Direito de Ser dado.

A dificuldade Que Eu apontar parágrafo here NÃO E peculiar à Direita da vida. ELE reaparece em Conexão com todos OS DIREITOS Outros Naturais, ê ê Algo enguias Que Uma explicação adequada dos DIREITOS DEVE LIDAR COM. Efeitos Pará do Presente E Suficiente APENAS parágrafo Chamar a Atenção Para ELE. Mas eu gostaria de salientar that NÃO Estou argumentando Que como PESSOAS Não Tem O Direito à vida – Muito cabelo contrario Parece-me Que o princípio Controle devemos Colocar Sobre a aceitabilidade de Uma Conta de Direitos E that DEVE vir em Que Conta Para Ser Uma Verdade que Todas como PESSOAS TEM Direito à vida. Estou argumentando Única that ter hum Direito à vida NÃO Garante tendão OU O Direito de Ser dado o USO OU O Direito de Ser Permitido o USO Contínuo do Corpo de Outra pessoa s – MESMO Que se Precisa DELE Para a Própria Vida. ASSIM, O Direito à Vida NÃO vai SERVIR OS opositores do aborto na Maneira Muito simples e claro em that they parecem ter Pensado Que seria.

Não Há Outra Maneira de trazer parágrafo Fora uma dificuldade. Nenhum tipo Mais Comum de caso, parágrafo privar Alguém fazer that ELE TEM O Direito de se TRATA-lo injustamente. Suponha Que hum menino e Seu Irmão Pequeno E dado em Conjunto Uma Caixa de chocolates Para o Natal. Se o menino Mais Velho toma a Caixa e se recusa a dar Seu Irmão QUALQUÉR hum dos chocolates, ELE E injusto parágrafo ELE, parágrafo O Irmão, foi dado o Direito de Metade Deles. Mas suponhamos that, Tendo aprendido Que, Caso Contrário ISSO Significa nove ano na cama com Aquele violinista, rápido Você desconectar-se DELE. Rápido Você certamente NÃO ESTÁ Sendo injusto Pará com Ele, para quê LHE DEU O Direito de utilizar OS SEUS rins, e ninguem Mais PODE ter-LHE dado hum tal Direito. Mas TEMOS de perceber Que em desligar-se, Você está em matando-o; e violinistas, Como Todo Mundo, TEM O Direito à vida, e, portanto, na Visão estávamos considerando ágora, O Direito de Nao Ser morto. Entao, here Você faz O Que ELE supostamente TEM O Direito Que Você Não DEVE Fazer, mas Você Não Agir injustamente a ELE em faze-lo.

A emenda that POSSA Ser Feita Neste Ponto e este: O Direito à vida NÃO consiste do em O Direito de Nao Ser morto, mas sim no Direito de Nao Ser morto injustamente. Isto É corre hum Risco de circularidade, mas NÃO importa: Ela permitiria conciliar o Fato de Que o violinista TEM O Direito à vida com o Fato de Que Você Não Agir injustamente em Direção a ELE em desligar-se, matando-o Dessa forma. Porque, se Você Não injustamente mata-lo, Você Não violar Seu Direito à vida, e POR ISSO NÃO É de admirar Que Você faz DELE nenhuma injustiça.

Podemos Suponho that Toma-lo Como hum dado that em Caso de Gravidez POR estupro Um Mãe Não Tem dado uma pessoa POR nascer o Direito ao Uso do Seu Corpo Para o alimento e Abrigo. De Fato, em Que a Gravidez poderia se Supor Que a Mãe tenha dado à pessoa POR ESSE nascer Direito? NÃO E Como se há PESSOAS that AINDA NÃO nasceram à deriva Sobre o Mundo, a quem de uma mulher Que Quer Uma Criança Diz Que Eu CONVIDA-lo."

E ENTÃO, TAMBÉM, PODE-se perguntar se ELA PODE OU NÃO MATA-lo MESMO Para salvar SUA Própria vida: Se Ela voluntariamente o Chamou à existencia, Como Ela ágora PODE mata-lo, MESMO em auto-Defesa?

Por Outro Lado, este argumento daria uma pessoa POR nascer hum Direito ao Corpo de SUA Mãe SOMENTE se a Gravidez resultou de hum ato Voluntário, Realizado com pleno Conhecimento da possibilidade de Uma Gravidez resultar PODE. ELE deixaria de fora inteiramente uma pessoa NÃO nascida cuja existencia E devido Ao estupro. Enquanto se Aguarda um Disponibilidade de maïs Algum argumento, ENTÃO, ficaria com um CONCLUSÃO de that como PESSOAS that AINDA NÃO nasceram, cuja existencia E devido Ao estupro Não Tem o Direito ao Uso de Corpos de SUAS Maes, e ASSIM Que abortar Eles Não è Priva-los de QUALQUÉR Coisa that they ter

Direito e, portanto, NÃO E Assassinato injusto.

Parece-me Que o argumento that Estamos olhando PODE estabelecer, sem Máximo, that existem Alguns Casos em Que uma pessoa NÃO TEM nascida Direito ao Uso do Corpo de SUA Mãe e, portanto, Alguns Casos em Que o aborto E Assassinato injusto. Há Espaço parágrafo Muita DISCUSSÃO E argumento Quanto à Precisão Quais, se Houver. Mas eu Acho Que devemos contornar este Problema e Deixa-la Aberta, par de QUALQUÉR Modo o argumento certamente NÃO estabelece Que Todo o aborto E Assassinato injusto.

Há Espaço parágrafo Mais uma DISCUSSÃO Aqui, não entanto. NÓS certamente todos devem admitir Que PODE haver Casos em Que seria moralmente indecente Para separar uma pessoa de Seu Corpo a Custa de SUA vida. Suponha that rápido Você aprende that O Que o violinista Precisa NÃO E de nove ano de SUA vida, mas APENAS Uma hora: tudo that rápido Você Precisa Fazer Para salvar a SUA vida é Passar Uma hora na cama com ELE. Suponha also that Deixa-lo USAR SEUS rins para quê Uma hora NÃO Iria afectar A SUA Saúde na Mínima. E Certo Que rápido Você foi seqüestrada. E Certo Que Você Não deu Permissão ninguem parágrafo Ligar-lo em Você. No entanto, Parece-me Claro Que rápido Você DEVE permitir that ELE usar SEUS rins parágrafo Aquela hora – seria indecente de recusar.

Mais uma vez, a Gravidez suponha Que Durou APENAS Uma hora, e constituía nenhuma Ameaça à vida UO à Saúde. E suponha Que uma mulher FICA Grávida Como resultado de estupro. E Certo Que ELA NÃO voluntariamente, Fazer QUALQUÉR Coisa Para trazer Sobre a existencia de Uma Criança. E Certo Que ELA NÃO fez nada em Tudo O Que daria uma pessoa POR nascer o Direito ao Uso do Seu Corpo. Tudo o MESMO PODE-SE Dizer, Como na História violinista recentemente alterada, Que ELA Deveria permitir Que ELA permaneça parágrafo Aquela hora – Que seria indecente de SUA recusar.

Uma Outra objeção a ISO usando o termo "Certo" Que a Partir do Fato de Que hum DEVE Fazer Uma Coisa parágrafo B segue-se that R TEM O Direito contra um that A Fazer ISSO POR ELE, E Que ELE vai Fazer Com que uma Questão de haver OU NÃO um homem TEM O Direito de Uma Coisa Ligar o quão Fácil E Pará fornecer-LHE COM ELE; é Isso Parece NÃO APENAS lamentável, mas moralmente inaceitável. Tomemos O Caso de Henry Fonda Novamente. Eu Disse Antes Que Eu Não tinha Direito ao toque de SUA Mão fria na Minha testa febril MESMO Que Eu precisava Pará salvar minha vida. Eu Disse Que seria tremendamente simpático da parte DELE Para Voar em da Costa Oeste a fornecer-me com Ele, mas Que Eu Não tinha o Direito de Encontro um ELE Que ELE Deveria faze-lo. Mas suponha Que ELE NÃO ESTÁ na Costa Oeste. Suponha Que ELE APENAS tenha parágrafo atravessar uma sala, coloque Uma Mão brevemente em Minha testa – e eis Que a minha vida E salva. Entao certamente ELE DEVE faze-lo, seria indecente de recusar. Sera que dito E Para Ser, "Ah, Bem, segue-se that, Neste Caso, ELA TEM O Direito de o toque de SUA Mão em SUA testa, e POR ISSO seria Uma injustiça Nele de recusar"? Para quê eu tenha Direito à ELA QUANDO É Fácil Para ELE parágrafo fornecê-la, embora Nenhum Direito QUANDO E Difícil? E sim Uma ideia chocante Que OS DIREITOS de Ninguém Deveria desaparecer e desaparecer à Medida Que FICA Mais Difícil e Mais Difícil de Concedente-lhes um ELE.

ASSIM, A Minha Própria Visão e that MESMO Que rápido Você DEVE deixar o violinista USAR SEUS rins Pará um Uma hora Que ELE Precisa, Não devemos concluir Que ELE TEM O Direito de faze-lo -, devemos Dizer Que Se Você se recusar, está você , Como o rapaz Que possui Todos Os chocolates e Dara Nenhum distância, indecente egocêntrico e cruel, de Fato, mas NÃO injusto. E da MESMA forma, that, MESMO supondo hum Caso em Que uma mulher Grávida devido Ao estupro DEVE permitir that uma pessoa NÃO nascida de USAR Seu Corpo Para uma hora Que ELE Precisa, Não devemos concluir Que ELE TEM O Direito de faze-lo; devemos Dizer Que Ela É auto-centrada, insensível, indecente, mas NÃO injusto, se Ela se recusa. Como Queixas Não São Menos sepulturas; ELES APENAS São Diferentes. No entanto, Não há necessidade de insistir Nesse Ponto. Se Alguém TEM a intenção de deduzir "ELE TEM O Direito" A Partir de "rápido Você DEVE," em SEGUIDA, todos o MESMO Que ELE certamente DEVE Concedente Que há Casos em that NÃO E moralmente exigido de Você Que rápido Você permitir Que o violinista de USAR SEUS rins, e não qua ELE Não Tem o Direito de EUA-los, e em Você that NÃO Fazer-LHE Uma injustiça se rápido Você se recusar. E ASSIM TAMBÉM Pará Um Mãe EO feto. EXCETO sas Casos Que uma pessoa NÃO nascida TEM O Direito de exigi-lo – e NÓS estávamos deixando em aberto um that PODE haver os tais Casos possibilidade de – NINGUEM ESTÁ moralmente obrigado a Fazer Grandes Sacrificios, de Saúde, de Todos os Outros Interesses e preocupações , de Todos os Outros DIREITOS e Compromissos, Por nove anos, OU MESMO há nove meses, um Fim de Manter uma Outra pessoa viva.

TEMOS, de facto, Fazer a distinção Entre Dois Tipos de samaritano: o Bom Samaritano e Que poderíamos Chamar o samaritano decente minimamente. A história do Bom Samaritano, rápido Você vai se Lembrar, ASSIM E:

Um homem descia de Jerusalém parágrafo Jericó, e Caiu NAS Mãos dos Ladrões, that o despojaram, e espancando-o, se retiraram, deixando-o Meio morto.

Mas hum Samaritano, Que ia de Viagem, Chegou Onde ELE estava, e QUANDO VIU Que ELE Teve compaixão DELE.

E foi Até ELE, atou-LHE como feridas, deitando nelas azeite e vinho, e colocou-o Sobre a SUA cavalgadura, Levou-o parágrafo Uma estalagem e cuidou DELE.

E nenhum dia Seguinte, QUANDO ELE Partiu, Tirou Dois dinheiros, e deu-os Ao hospedeiro, e Disse-LHE: "DELE Cuide; É Tudo O Que gastares A MAIS, Quando eu voltar, eu pagarei." (Lucas 10: 30-35)

Essas Coisas São Uma Questão de grau, E claro, mas há Uma Diferença, e de ele sai, TALVEZ Mais claramente na História de Kitty Genovese, Que, Como rápido Você vai se Lembrar, foi assassinado enquanto trinta e Oito PESSOAS assistiram OU ouviram, e fez nada parágrafo Ajudá-la. Um bom samaritano térios corrido parágrafo fóruns parágrafo dar Assistência Direta contra o assassino. Ou TALVEZ seria Melhor permitir that ELE térios SIDO UM Splendid Samaritano Quem fez ISSO, com o Fundamento de that ELA térios envolvido hum Risco de morte Para Si MESMO. Mas a trinta e Oito NÃO Só NÃO fazem ISSO, ELES NEM Sequer Ao Trabalho de Pegar hum telefone parágrafo Chamar a Polícia. Minimamente decente samaritanismo chamaria parágrafo Fazer Pelo Menos ISSO, E SUA NÃO ter Feito era monstruoso.

DEPOIS de Contar uma História do Bom Samaritano, Disse Jesus: "Vai, e faze da MESMA Maneira." TALVEZ ELE Quis Dizer Que somos moralmente Obrigados a Agir Como o bom samaritano. TALVEZ ELE estivesse incitando como PESSOAS uma Fazer Mais do Que É moralmente exigido Deles. Em TODO O Caso, Parece Claro Que NÃO foi moralmente exigido de QUALQUÉR hum dos Oito trinta e Que ELE Sair Correndo Para dar Assistência Direta com o Risco de SUA Própria vida, e that NÃO E moralmente exigido de Ninguém Que ELE Dá Longos Trechos de SUA vida – nove ano OU nove meses – Para Sustentar a vida de uma pessoa Que Não Tem O Direito especial (estávamos deixando em aberto a possibilidade de este) Para exigi-lo.

Seguindo o Exemplo dos adversarios do aborto, eu Tenho TODO Falado fazer feto meramente Como uma pessoa, EO que tenho vindo a PEDIR E SE OU NÃO o argumento that começou com, that Procede APENAS fazer feto de Ser uma pessoa, Realmente estabelecer A SUA CONCLUSÃO . Tenho argumentado Que ISSO NÃO Acontece.

mensagens Relacionados

  • Vídeo Ao Vivo de hum Procedimento de aborto …

    Este Vídeo Mostra UM ABORTO e Os Corpos de Bebês abortados. E Extremamente Gráfico e perturbador. Há Milhões de abortos Realizados todos Os Dias no Mundo, e Mais de 3500 Nos Estados …

  • Início aborto pílulas SEM, Faz …

    Convidado Mais de hum ano atras Tomar Vitamina C Nao vai interromper a Gravidez. Início abortos São Altamente Perigoso, ilegal e PODE causar Danos sepulturas A Voce. Mulheres morrem Desta Maneira. E Altamente …

  • Maneiras Naturais PARA O aborto

    Este Trabalho ESTÁ available here gratuitamente. para quê aqueles Que NÃO PODEM Pagar AINDA PODE ter Acesso a Ele, e ASSIM Que ninguem TEM de Pagar as antes de ler algo that PODE NÃO Ser O Que enguias Realmente …

  • Quanto Say Se um cara tem …

    Se hum casal TEM SIDO Em Algum tipo de Parceria comprometida-datando hum tempo, coabitar, casado, eu Acho Que como Opiniões do Homem e Quer DEVE Ser levado em consideração. Permitido …

  • Como restaurar como boas Bactérias não Estômago

    Os Antibióticos São Realmente Uma maravilha da medicina moderna. Essa Mudança no paradigma médico Levou NAS Últimas Décadas a abusar Desses Remédios Mágicos e uma Crescente Ameaça de resistente AOS Antibióticos …

  • Como ter o aborto natural,

    E o aborto imoral OU moral? E a vida em Gestação sem ventre da Mãe (o feto) um Ser Humano indivíduo Separada, OU E APENAS Uma parte do Corpo da Mãe? Sera que ELA TEM O Direito à vida? …